domingo, 31 de agosto de 2014

Pr. Julio Panfon Uagna



 Hoje foi um dia muito triste para nós, nosso companheiro de ministério
 Pr. Julio Panfon Uagna, foi recolhido pelo Senhor nosso Pai.

Ao longo de vinte anos, estivemos sempre juntos batalhando na Guiné-Bissau pela causa do Mestre Jesus. Ele foi sem dúvida um grande amigo e irmão, juntos implantamos as igrejas de Bissau e interior, ele deixou-nos um grande exemplo de servo do Senhor.


26 de junho de 2011. Com o Pr. Esequias Soares da Silva, no Culto de Gratidão pelos Vinte Anos da Igreja Evangélica Assembléia de Deus na Guiné-Bissau.

Culto de Pentecostes em 2007

No texto abaixo conto um pouco da sua história, como sempre faziamos, um dia eu pedi-lhe para contar-me como foi a sua chamada para o ministério e ele falou:
  
"No ano de 1986 eu morava na cidade de Colda, no vizinho país de Senegal, fronteira com Guiné-Bissau. Nessa cidade, morava um casal de irmãos guineenses que construíram um salão em seu próprio terreno onde realizavam cultos, conhecido como Chico, ele era um homem simples, não sabia ler mas era muito dedicado à obra do Senhor, orava para que um pastor ou missionário assumisse aquele trabalho, como ele não podia realizar o casamento do irmão Julio Panfon  Uagna com a irmã Gina, foram para a cidade de Bafatá onde conheceram o missionário brasileiro chamado Jose Ferreira que trabalhava junto a Igreja Evangélica, ele realizou o casamento do casal, isso no ano de 1989. 
O irmão Julio, convidou esse irmão para ser o missionário da igreja de Colda, como ele não podia aceitar o convite, indicou o Pr. Otavio Marques que trabalhava em Ziguinchor, Senegal, cidade  fronteira com Guiné.Bissau. O Pr. Otavio Marques estava ligado com a Missão Assembléia de Deus americana. O irmão Julio escreveu uma carta para o Pr. Otavio, convidando-o e ele aceitou e ficou responsável por aquela igreja em Colda, e registrou como Assembléia de Deus, dando assistência a essa Igreja. Na época, o Pr. Norman Donald Anderson  era o diretor da África Lusófona, e o missionário Vernon Fink que trabalhava no Senegal, representava o Concílio das Assembléias de Deus da América do Norte.
No inicio do ano 1991 a Missão AD americana, convidou o Pr. Otavio Marques, o casal Julio e Gina Panfon, e o casal Jose Bidam e esposa Rosa, para iniciarem a Igreja Evangélica Assembléia de Deus na Guiné-Bissau, o primeiro culto foi na casa do presbítero Domingos Indi membro da Igreja Evangélica.

No dia 23 de julho de 1991 a Igreja Evangélica Assembléia de Deus foi registrada, na Guiné-Bissau com o nome: Igreja Evangélica Assembléia de Deus da Guiné-Bissau". 
 (Relato colhido do Pr. Julio Panfon Uagna, pelo missionário Pr. Pedro de Souza no dia 12 de setembro de 2008) 


O Pr. Julio Panfon Uagna, foi o primeiro pastor ordenado na AD da GB, no dia 26/08/1995 na Igreja AD Cuntum.


Pastoreou a Igreja no bairro do Quelelé, Bissau, por 20 anos.
Faleceu dia 31 de agosto de 2014.

Pr. Pedro de Souza

Rachel Peres de Souza

sábado, 16 de agosto de 2014

Pr. Ernesto Antonio Lima

Pr. Ernesto Antonio Lima


Faleceu ontem (15/08/14) por volta das 15h00 um dos pioneiros do Evangelho na Guiné-Bissau, também um dos fundadores da Aliança Evangelica Guineense, Pr. Ernesto Antonio Lima. O Culto Funebre aconteceu na Igreja Evangélica Central da qual ele é membro ate a data da sua morte. 
Pr. Ernesto A. Lima nos deixou legado de um servo abnegado ao serviço do reino. Ele foi exemplo em tudo e tem ensinado nao apenas com palavras mas com a sua própria vida. Homem integro, reto, e fiel ao nosso Deus. Porém teve uma vida de humildade e de muitas boas obras tanto na função Pública como na administração Eclesiástica. Ele fora um dos integrantes da Comissao da reconciliaçao durante e após o conflito Militar de 1998/1999. 
A Comunidade Evangélica da Guiné-Bissau perdeu um dos seus grandes espirituais. Ele é o penúltimo da geração dos anos 50. 
Hoje foi um dia de júbilo e de muita satisfação, pois ele pode dizer que combateu um bom combate, acabou a carreira e guardou a fé a semelhança do grande apóstolo Paulo. A Deus seja dada Toda Honra e Glória eternamente Amém. Pr. Esequias Soares, nosso pastor costuma dizer: Por que colocar ponto de interrogação aonde Deus colocou um ponto final!

Pr. Tcharton Sana da Costa

Rachel Peres de Souza